Já falamos várias vezes de como os projetos em BIM impactam sua empresa e sua equipe. Também sobre a diferença nos resultados e, até mesmo, em como ganhar mercado com o uso da tecnologia de modelagem. Mas, hoje, queremos tratar de outra influência: a vida da população.

Sim, as pessoas usufruem diretamente das obras feitas com o BIM e das vantagens que elas proporcionam. Isso porque tudo que seu escritório planeja vai ser utilizado por alguém com alguma finalidade. E um dos indicadores de satisfação é a facilidade e utilidade no cotidiano.

Entenda como o BIM consegue mudar a vida das pessoas. Leia o artigo a seguir e use os exemplos como guia para sempre criar edificações superiores. Boa leitura!

De que forma os projetos em BIM melhoram a vida da população?

Vamos pensar juntos em algumas características do BIM. Já sabemos, por exemplo, que sua capacidade de automatizar processos confere maior rapidez nas entregas. Isso tem grande impacto em obras de necessidade imediata, como hospitais e escolas. Seguindo uma lógica parecida, visualizar os modelos antes mesmo do início da obra ajuda a enxergar erros e eliminá-los. Dessa forma, economiza-se, além do tempo, recursos, que poderão ser investidos de outras maneiras.

É claro que focamos nas obras públicas, visto seu potencial de efeito generalizado. Seja na saúde, educação, assistência social, urbanismo, entre outras, um projeto bem executado vai conceder e melhorar o acesso das pessoas a serviços que são seu direito.

Confira 3 dicas para participar de licitações de obras públicas.

Contudo, vale lembrar ainda de outros pontos de grande importância a seguir. Eles têm a ver tanto com a responsabilidade ambiental quanto com a própria disposição das cidades.

Sustentabilidade

Os projetos em BIM conseguem construir uma edificação sustentável e ainda melhorar as condições verdes externamente. Mas o que isso significa? Quer dizer que é possível construir uma obra ambientalmente agradável, que não vai agredir o espaço em que está inserido e ainda economizar água e outros recursos naturais.

A sustentabilidade na construção civil já é uma realidade e tem forte impacto. Para comprovar isso, dados do Green Building Brasil mostraram que construções sustentáveis reduzem em até 40% o consumo de água. Além disso, diminuem em 35% a emissão do gás carbônico. Assim, existe uma grande responsabilidade para que empresas tenham atitudes mais verdes. Por consequência, a imagem do negócio irá ser melhor e a confiança dos clientes também.

Inovação

Este pode não parecer um efeito tão visível dos projetos em BIM, mas não é bem assim. Para começar, o próprio uso do Building Information Modeling já é um marco na inovação dentro da construção. A realidade digital por trás da ferramenta expande as possibilidades construtivas e altera os processos existentes.

Ainda, por ser uma plataforma em nuvem, permite que diversas pessoas trabalhem de diversas partes do mundo na mesma edificação, sem prejuízos. Essa natureza colaborativa do BIM estimula a inovação na área. Pense com a gente: se ampliamos o leque de inspirações, há a possibilidade de criação de novas ideias e mudanças substanciais.

E como isso vai afetar de forma positiva a qualidade de vida da população? Troca de informações entre público e privado, novas concepções de edificações, criação de ambientes que promovem saúde, brainstorm para construções de cunho popular, etc. Ter a mente nisso vai trazer destaque para sua companhia, afinal as possibilidades são infinitas e vão tornar a vida das pessoas mais agradável.

Modelagem das cidades

Seguindo o caminho da inovação, as concepções de cidades também podem ser mudadas para melhor. É de conhecimento geral as deficiências que elas possuem em relação ao transporte, infraestrutura, mobilidade, etc. Mas as ideias para alterar essa disposição são facilmente colocadas em prática em projetos em BIM. Isso porque uma cidade que utiliza modelagem 3D com bancos de dados permite um planejamento urbano mais assertivo.

Um exemplo da efetividade disso é o conceito das Cidades Inteligentes. Nelas, são utilizadas tecnologias para alterar a operacionalidade de diversas estruturas. Ou seja, o tráfego das ruas, iluminação pública, segurança, limpeza urbana e tantos outros componentes da cidade. Alguns protótipos já foram colocados em prática, como em Barcelona, na Espanha, e em Palhoça, no estado de Santa Catarina.

Leia também: Governo do Amazonas dá início à implementação BIM: conheça o projeto.

Como você viu, os projetos em BIM podem mudar a forma como as pessoas vivem e têm implicações em sua saúde e bem-estar. Pensar nisso na hora de planejar vai diferenciar sua empresa da concorrência e permitir oferecer uma entrega mais aprimorada. Indicamos ainda o artigo “Conheça os benefícios do AEC Collection na implementação BIM” para entender as ferramentas BIM à disposição. Até a próxima!

Deixe seu comentário