A área de edificações, assim como outras, precisa se adaptar às necessidades do nosso tempo. E não é de hoje a importância do cuidado ao meio ambiente nos empreendimentos. Por isso, implementar maior sustentabilidade na construção civil é planejar, qualificar e gerir com o objetivo do melhor uso dos recursos naturais. Esse cuidado garante um melhor aproveitamento do espaço e do orçamento, além de trazer benefícios para a empresa e para os clientes

Tanto que, de acordo com o Green Building Council Brasil, um projeto sustentável é capaz de reduzir em até 40% o consumo de água. E vai mais longe, já que também diminui em 35% a emissão de gás carbônico. Esse tipo de vantagem é um diferencial para as empresas que aplicam, pois conquistam a confiança dos clientes e aumentam a autoridade no mercado.

Quer saber mais sobre sustentabilidade na construção civil? Continue a leitura do artigo e veja como esse conceito transformará seus projetos.

Por que garantir sustentabilidade na construção civil

Antes de tudo, o conceito de sustentabilidade na construção civil significa realizar um projeto garantindo o mínimo de impacto ambiental. Enquanto é economicamente viável e traz melhor qualidade de vida.

Dentro disso, compreende-se que um empreendimento só é de fato sustentável quando considera os fatores econômicos, sociais e ambientais. Ou seja, não é somente o quão ambientalmente amigável é, mas também qual o impacto na comunidade em que está inserido.

Do mesmo modo, as vantagens não são somente para os clientes, as empresas também ganham. Afinal, elas terão processos mais organizados, já que um dos focos é eliminar desperdícios. Indo além, existem diversos incentivos fiscais para quem possui uma obra desse tipo. Um dos exemplos mais comuns é o IPTU verde, que oferece desconto para quem implementar sistemas ecoeficientes. Ainda, há possíveis estímulos municipais e estaduais que somam a esses benefícios.

Outro dado importante é o crescimento na valorização do imóvel. De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, ela pode chegar a 30%! Isso significa um valor de venda maior, bem como lucros para a construtora.

Sob o mesmo ponto de vista, acham-se vantagens mais indiretas, entretanto muito relevantes. Veja algumas a seguir,

  • maior conforto para o comprador, garantido pela arquitetura sustentável, que regula questões como controle térmico e de luz;
  • melhor argumento de venda, já que os clientes, cada vez mais, valorizam a responsabilidade socioambiental das empresas;
  • redução de custos, por conta da otimização dos processos.

Agora que você pôde entender melhor a importância, saiba mais como começar a realizar construções sustentáveis. Confira, abaixo, mais sobre esse assunto.

Como aplicar a sustentabilidade no seu projeto

É possível perceber por que é tão importante investir em sustentabilidade na construção civil. Mas também é necessário saber como implementar nos projetos.

Primeiramente, vale se aprofundar no conceito de Green Building, ou Construção Verde. Ele é, basicamente, a aplicação de processos ambientalmente responsáveis em edifícios. Entender melhor o que é e como aplicá-lo vai auxiliar nos projetos. Além disso, realizar um gerenciamento de resíduos eficiente é uma boa forma de conseguir reduzir os impactos, assim como evitar o consumo excessivo de energia e água.

Outra consideração é, a fim de reduzir o impacto social dos empreendimentos, fazer pesquisas ou ações com a população do entorno. É claro que a medida e as ações variam de acordo com o tipo de construção, o impacto previsto e as especificidades da comunidade. Porém, como explicitado antes, demonstrar preocupação sociocultural é um dos pilares da sustentabilidade na construção civil.

Uma empresa também deve estar atenta às normas vigentes para a regularização de acordo com padrões sustentáveis. A NBR 15575, por exemplo, dispõe sobre o desempenho de edificações habitacionais através de diretrizes base. Os três grandes marcos são segurança, sustentabilidade e habitabilidade.

Para conseguir manter a obra dentro da lógica verde, a tecnologia é uma grande aliada. Seja na hora de construir um plano preditivo como ao organizar as etapas da edificação. É essencial ter o auxílio de ferramentas que otimizem o trabalho, cumpram normas e ainda consigam adequar a construção desde o início.

Entenda como a tecnologia contribui para a sustentabilidade na construção civil

Como a tecnologia é fundamental nesse momento, nada melhor que conhecer os mecanismos que podem ajudar. O BIM, por exemplo, auxilia no planejamento e em todo o decorrer do projeto, inclusive realizando orçamentos. Ele é capaz de realizar um modelo 3D do projeto antes de mesmo de iniciar a obra. Dessa forma, pode prever excessos ou erros que podem ser corrigidos.

Isso tudo auxilia no melhor planejamento e uso de recursos, assim como na melhor estratégia de uso sustentável. Acompanhe nosso blog e saiba mais sobre a sustentabilidade na construção civil e as plataformas de suporte.

Deixe seu comentário